Maria João Cantinho

Maria_Joao_CantinhoMARIA JOÃO CANTINHO

SUMÁRIO DE QUALIFICAÇÕES

Desde 1992-2009 trabalhou como professora efectiva no Ensino Secundário

Desde 2009 que é professora efectiva do quadro na Escola Secundária Damião de Goes (também é formadora, no âmbito das Novas Oportunidades).

FORMAÇÃO ACADÉMICA

[1986-1992] Universidade Nova de Lisboa em Lisboa

1992 – Terminou a Licenciatura em Filosofia.

1997 – Mestrado na mesma área, com a classificação de Muito Bom por unanimidade, com a tese de dissertação intitulada: “O Anjo Melancólico, ensaio sobre o conceito de Alegoria na obra de Walter Benjamin.

2004 – Terminou o Curso de Doutoramento na Universidade Nova de Lisboa, com a classificação de Muito Bom(2004).

2008 – Foi investigadora convidada em Strasbourg, na Universidade Marc Bloch, pelo Professor Gérard Bensussan.

2008 – Foi investigadora e membro do Parlement des Philosophes, em Strasbourg, onde trabalhou como investigadora, sob a direcção do Professor Jacob Rogobinski.

2009 – É, desde aí, investigadora do Centre de Recherches d’Éthique et de Philosophie Contemporaine, na universidade da Sorbonne, sob a orientação de Danielle Cohen-Levinas.

2009 – Colaboradora frequente do CECL, na Universidade Nova de Lisboa, sob a direcção de José Bragança de Miranda.

2007 – 2009 – foi bolseira da Fundação de Ciência e Tecnologia, usufruindo da condição de equiparação a bolseira, no secundário.

ACTIVIDADES EXTRACURRICULARES

Escritora, ensaísta e crítica: tem trabalhado com várias publicações impressas e on-line: Espaço/Espacio Escrito, “Meus Livros”, “As Faces de Eva”, Revista de História das Ideias de Coimbra, Storm-magazine, Periférica, Metamorfoses, Agulha (on-line), Zonanon.com (on-line), Especulo (on-line), em Hablar/falar de Poesia (onde exerce crítica de Poesia). Tem trabalhado, sobretudo, com autores contemporâneos brasileiros, tendo efectuado entrevistas a poetas e escritores como Carlos Nejar, Antonio Cicero, Eucanãa Ferraz, Ney Paiva, André Queirós, Fabrício Carpinejar, Manoel Ricardo de Lima, Vicente Franz Cecim, etc.

Tem também pulicado entrevistas com autores portugueses de renome e publicado recensões críticas nos jornais O Público, Expresso. Tem publicadas entrevistas com Ana Marques Gastão, Maria Teresa Horta, Gonçalo Tavares, Nuno Judice, Casimiro de Brito, Filipa Melo, entre muitos outros, bem como tem escrito sobre poesia contemporânea portuguesa, enquanto crítica e recensionista.

PATENTES E PUBLICAÇÕES

2001 – Publicou um livro de contos, intitulado “A Garça”, pela editora Diferença, Leiria.

2002 – Publicou um livro de poesia, intitulado “Abrirás a Noite com um sulco” (com o qual recebeu uma menção honrosa da Associação Fernando Pessoa).

2003 – Publicou “O Anjo Melancólico”, resultante da tese de mestrado, na editora Angelus Novus e que foi nomeado como um dos ensaios do ano por Eduardo Prado Coelho.

2005 – Publica , pela editora Ver-o-Verso.

2006 – Publicou um conto infantil A História do Palhaço Bonifácio

2006 – Publica Cantos de Solidão na editora Ver-o-Verso.

2006- Publica A Caligrafia da Solidão, pela editora Escrituras, S. Paulo, 2006 (obra que foi nomeada para o prémio nacional da Telecom).

2008 – Publica Os Sete Irmãos, conto infantil, na editora Ver-o-Verso.

Artigos de revistas e ensaios, comunicações

2001 – A partir deste ano publica várias entrevistas com personalidades célebres, bem como biografias e recensões, ensaios, nas várias publicações onde escreve (Agulha, Storm-Magazine, Insignia, Especulo). Artigos e biografias sobre Lou-Andréas Salomé, Hannah Arendt, Maria Zambrano, Rosa Louxembourg, etc.

2002 – publicou na revista da Espaço/Espacio Escrito o ensaio “Modernidade Alegórica em Baudelaire”.

2003 – publicou o ensaio “Hermann Broch: um poeta relutante”, na Revista da Faculdade de Letras de Coimbra.

2003 – Publicou o ensaio “Maria Gabriela Llansol: imagem e Tempo”, na revista da Universidade Nova de Lisboa Faces de Eva.

2004 – Convidada por Eduardo Prado Coelho, para estar presente, na Culturgest, na sessão “Os Livros em Volta”, pela publicação de “O Anjo Melancólico”, numa sessão sobre os ensaios do ano.

2004 – Conferência na Universidade da Sorbonne, em Maio, subordinada ao tema da literatura portuguesa, centrada na obra de Maria Gabriela Llansol, sob a direcção da Professora Doutora Catherine Dumas, no Departamento de Literatura Portuguesa.

2006 – É convidada por Eduardo Prado Coelho, para falar no Centro Cultural da Gulbenkian em Paris, com outros autores como Filipa Melo, Gonçalo Tavares, José Luís Peixoto, Valter Hugo Mãe, Fermando Pinto do Amaral, Maria João Reynaud, Inês Pedrosa.

2007 – apresentou uma conferência no colóquio internacional de Filosofia, dedicado a Hannah Arendt e Walter Benjamin. Essa conferência já se encontra publicada no âmbito das actas do colóquio internacional sobre Hannah Arendt em Lisboa (Hannah Arendt: Luz e Sombra, seminário Internacional), organizado por Maria Luísa Ribeiro Ferreira, Cristina Beckert e Margarida Amaral.

2007 – Realizou uma conferência no Rio de Janeiro, sobre a “Poética da Imagem na obra de Walter Benjamin”, em Outubro.

2007 – Co-organizou, com Maria João Cabrita e Isabel Lousada, um congresso “Reflexões Ibéricas em Torno da obra de María Zambrano”, onde participou como conferencista, com a conferência “A Dança da Metamorfose”, já publicada no livro “Reflexões sobre María Zambrano”, ed. Câmara de Lisboa, Lisboa, 2008.

2007 – Co-organizou o livro sobre a obra de María Zambrano, com Maria João Cabrita, Zília Osório de Castro e Isabel Lousada, “Reflexões sobre María Zambrano”, ed. Câmara de Lisboa, Lisboa, 2008.

2007 – Conferência, no centro cultural de Belém, com o tema “Imagem dialéctica e messianismo, na obra de Benjamin”, no congresso “O Pensamento e a Imagem”, sob a organização de Bragança de Miranda. O texto será posteriormente publicado na revista do Centro de Linguagens e Comunicação (actualmente no prelo).

2008- Organizou um congresso internacional sobre Walter Benjamin, “A Actualidade de Walter Benjamin”, em colaboração com Bragança de Miranda, António Fernando Cascais e Jacinto Godinho, que se realizou em 25,26 de Março de 2008, na Fundação Calouste Gulbenkian.

2008 – Foi convidada por Marion Picker, para o colóquio internacional sobre Walter Benjamin, em Strasbourg, em Março. O texto foi posteriormente publicado em Revue du parlement des philosophes.

2008 – Convidada por Franson Manjali para participar num congresso em Paris, sobre o Messianismo na obra de Walter Benjamin, em Abril de 2008, com o texto “l’événement messianique chez Walter Benjamin”.

2008 – Projecto de elaboração de um livro colectivo sobre Walter Benjamin, em co-edição com Amon Pinho, consagrado à obra de Walter Benjamin, onde colabora também (actualmente a ser preparado, ainda).

2008 – Desde Janeiro que integra o Centre de Recherches d’Esthétique, Musique et Philosophie Contemporaine, sob a direcção de Danielle Cohen-Levinas, em Paris, Sorbonne IV.

2008- Publicação do texto “Instant, Événement et Histoire” num número especial sobre o Messianismo, da revista francesa de filosofia Lignes, sob a organização de Danielle Cohen-Levinas.

2008 – organizou, com Constança Sá e Amon Pinho, a revista Reflexão da Universidade Federal Católica de Campinas, num número especial consagrado ao messianismo, com participações internacionais e que será objecto de um congresso no Brasil, em Abril de 2009.

2008 – Colaboradora da mesma revista com o artigo “Instante, Acontecimento e História”.

2008 – membro do conselho editorial da revista da Universidade Estadual do Ceará, colaborando com o Grupo de Pesquisa credenciado no CNPq “Walter Benjamin e a Filosofia Contemporânea”, criando o Caderno Walter Benjamin.

2008 – Publicou, nesta revista, o ensaio “A Frágil Luz do Anjo”.

2008 – Convidada pela l’Université Européenne d’Été de l’OFFRES para integrar seminários e duas conferências: “L’architecture moderne : on peut encore ‘habiter’ la ville ? » e “Messianisme et Histoire” chez l’oeuvre de Walter Benjamin.

2008 – Traduziu textos de Petar Bojanic, de Danielle Cohen-Levinas e de Gérard Bensussan, investigadores, respectivamente de Aberdeen, da Sorbonne IV e Strasbourg, Université Marc Bloch.

2008/2009 – Co-organizadora, com Bragança de Miranda, Danielle Cohen-Levinas, Maria Lucília Marcos e Gérard Bensussan, do colóquio sobre Levinas, que decorreu no Institut Franco-Portugais, em Outubro de 2009.

2009 – Convidada para participar, em Janeiro de 2009, no colóquio sobre Rosenzweig, que decorreu em Strasbourg, no “Parlement des Philosophes”, organizado por Petar Bojanic e Dimitri Sandler.

2009 – Convidada para participar, em Abril, no colóquio “Philosophie et mysticisme”, no “Parlement des Philosophes”, organizado por Géraldine Roux.

2010 – Colaboradora no Núcleo Walter Benjamin, no Brasil, sob a direcção de Georg Otte.

2010 – Colabora com a revista do Núcleo Walter Benjamin, onde publicou Walter Benjamin e a História Messiânica, contra a visão histórica do Progresso.

2010 – É membro do Conselho Editorial da revista GEWEB, de estudos sobre Walter Benjamin, onde colabora regularmente. Publicou aí “Sob a Frágil Luz do Anjo, entre a tradição e a modernidade”, no caderno 2.

2010 – Convidada para o colóquio sobre Gérard Bensussan em Troyes, em Dezembro de 2010.

2010 – Publica “Metamorfose e Jogo de Linguagem na Poética de Zambrano”, na Revista Aurora, sob a direcção de Carmen Revilla e Virginia Trueba.

2010 – “Rastros que se apagam: alegoria, História e Modernidade”, no livro Narrativas da Modernidade, coordenado por Aparecida Ribeiro, Marcos Meneses e outros, editora da Universidade Federal da Uberlândia, Brasil (no prelo).

2010 – Publica “Walter Benjamin e a História Messiânica. Contra a Visão do Progresso” na revista de Filosofia Philosophica (no prelo).

2010 – Coordena, juntamente com Maria Lucília Marcos, Paulo Barcelos e Danielle Cohen-Levinas, um livro sobre Emmanuel Levinas com as participações de vários investigadores sobre o autor: Gérard Bensussan, Danielle Cohen-Levinas, Orietta Ombrosi, Petar Bojanic, David Brésis, Paulo Barcelos, Felix Duque, Maria Lucília Marcos e eu própria com o texto “A escatologia em Levinas” (no prelo).

Actualmente entregou a tese de doutoramento e espera a defesa da mesma.

LÍNGUAS
Francês, Inglês, Alemão, Espanhol.
 

 

 


 

Artigos:

 

  • Entrevista a Sérgio Nazar David Agosto 23, 2012 - Sérgio Nazar David é Doutor em Teoria da Literatura (UFRJ, 2001), tendo efectuado um pós- doutoramento (Coimbra, 2006) sob a orientação da Professora Ofélia Paiva Monteiro. É poeta, professor de […]
  • Lou Andréas-Salomé Março 16, 2012 - Dela disse Nietzsche, um dia, ser “de longe, a pessoa mais brilhante que conheci”. Se a afirmação é ou não verdadeira tal não é pertinente, antes revela claramente o fascínio […]

Partilhar: